Ir direto para menu de acessibilidade.

Alterações Curriculares

Publicado: Sexta, 24 Agosto 2018 18:32 | Última Atualização: Sexta, 01 Julho 2022 12:37 | Acessos: 5387

ALTERAÇÕES CURRICULARES

O próximo prazo no Cronograma Acadêmico é dia 26 de novembro de 2021 para:

  • Solicitação de mudança na matriz corrente para vigência em 2022/02

Documentos importantes:

ALTERAÇÃO CURRICULAR

ORIENTAÇÕES

CRONOGRAMA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

FORMULÁRIOS

1. A atualização de Projeto Pedagógico de Curso (PPC). 

A atualização do Projeto Pedagógico (PPC) deve ser feita no âmbito do Colegiado do Curso e em conformidade com o disposto na Resolução CEPE nº 473 de 12 de dezembro de 2018, e na Instrução Normativa nº 007 de 27 de agosto de 2021.

O pedido de assessoria pode ser realizado no decorrer do ano formalizado via Memorando. Contudo, as mudanças só serão efetivadas dentro do período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário para Proposta de Alteração Curricular, Matriz curricular, Quadro comparativo das alterações propostas (Formulário para criação de nova matriz curricular/PPC)
  • Plano de implementação da nova matriz curricular contendo um estudo dos impactos de migração de matriz no percurso formativo dos estudantes (quando for o caso) e estudo da distribuição de carga horária docente;
  • Parecer do Núcleo Docente Estruturante (NDE)
  • Parecer das Unidade(s) Acadêmica (s) ou Departamento(s) envolvido(s) na distribuição de encargos didáticos.

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE NOVA MATRIZ CURRICULAR/PPC

 

2. Criação do componente curricular do tipo Disciplina

  • A proposta de criação de componente curricular do tipo disciplina/mentoria/ deverá ser encaminhada à DADE, depois de ter sido aprovada pela Congregação da Unidade Acadêmica e ter recebido anuência de, pelo menos, um Colegiado de Curso para inserção desse componente em Matriz Curricular.
  • A solicitação de criação de componente curricular é feita a partir do envio do formulário pelo Chefe de Departamento com autenticação conjunta do(a) Diretor(a) da Unidade Acadêmica onde o departamento estiver inserido. 
  • A criação do componente curricular não implica em sua inserção em Matriz para a oferta. Para tal é necessário que o Coordenador de Curso solicite a inserção utilizando-se de formulário próprio.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário de criação de componente curricular do tipo disciplina/mentoria (Anexo IV).
  • Manifestação de interesse no componente curricular por pelo menos um Colegiado de Curso (autenticação do Coordenador do curso interessado ou doc anexo).

CRIAÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR (CC)

3. Criação de componente curricular do tipo Trabalho de Conclusão de Curso (T) e Estágio (E)

  • O Colegiado de Curso deve verificar as Diretrizes Curriculares para a oferta dos componentes curriculares T e E.
  • Após deliberação de como serão ofertados, devem consultar ao Departamento no qual será alocado o encargo didático.
  • A solicitação de criação componente é feita a partir do envio do formulário autenticado pelo Coordenador de Curso e pelo Chefe de Departamento.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário de criação de componente curricular do tipo TCC e Estágio (Anexo V).

CRIAÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR (CC)

4. Criação de componente curricular optativo que contemple temas transversais (CTT)

  • Componentes curriculares criados pela PROGRAD ofertados para todos os cursos e sem requisitos ou prioridade de matrÍcula.
  • Proposta deve ser encaminhada à PROGRAD por meio de memorando emitido pelo chefe de departamento ou docente.
  • Instrução Normativa nº 005 de 03 de maio de 2019.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário de criação de componente curricular optativo (Anexo VI)

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 005, DE 03 DE MAIO DE 2019

5. Inserção de componente curricular em Matriz.

  • O Colegiado de Curso deverá realizar consulta ao Departamento responsável pelo componente curricular e verificar a viabilidade e os impactos da inserção, bem como requisitos necessários.
  • A solicitação de inserção de componente curricular é feita a partir de envio de Formulário pelo Coordenador de Curso, acompanhado do aval do departamento.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário de inserção de componente curricular (Anexo VII)
  • Aval do Departamento (documento ou autenticação do Memorando)

INSERÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR

 

 

FLUXOGRAMA DE INSERÇÃO DE CC EM MATRIZ CURRICULAR

6. Inativação de componentes curriculares eletivos

(disciplinas obrigatórias não podem ser inativadas)

  • Um componente curricular eletivo pode ser inativado quando:

1.        Sua oferta não for do interesse do Colegiado, desde que justificado;

2.        Caso permaneça sem oferta por mais de dois semestres letivos consecutivos.

  • A solicitação de inativação no caso I é feita a partir do envio de Formulário pelo Coordenador do Curso.

A solicitação deve ser encaminhada no Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico. Contudo, a inativação é realizada no final do período letivo para componentes curriculares em oferta.

  • Formulário de Inativação de componente curricular eletivo(Anexo VIII)

INATIVAÇÃO E REATIVAÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR ELETIVO

7. Inclusão e alteração de requisitos

  • O Colegiado de Curso deverá avaliar a necessidade de inserção, exclusão ou alteração de requisitos levando em conta as orientações do Departamento de origem do componente curricular.
  • A solicitação de inclusão e alteração de requisitos é feita a partir do envio de Formulário pelo Coordenador de curso.

A solicitação de inclusão e alteração de requisitos pode ser realizada no decorrer do ano. Contudo, somente será operacionalizada entre o final do semestre letivo e em até cinco dias antes do início do período de matrícula.

  • Formulário de inclusão e alteração requisitos. (Anexo IX)

INCLUSÃO E ALTERAÇÃO DE REQUISITO

 8. Cadastro e Atualização de ementa(s)

Consultar Instrução Normativa nº 008 de 14 de maio de 2019 e Manual de Orientação.

 

  • É de responsabilidade do proponente a verificação do tempo disponível para que a ementa chegue à DADE no prazo estipulado para homologação final.
  • A homologação final para atualização de ementas será realizada no período compreendido entre o final do semestre letivo e em até cinco dias úteis antes do período de matrícula.
  • A homologação final de ementas de novos componentes curriculares a serem ofertados pela primeira vez será realizada em consonância com a formulação do horário para o semestre seguinte. (A criação de oferta só é feita pela DPGA em componentes curriculares que tenham ementa).
 

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 011, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2021

MANUAL DE ORIENTAÇÃO

 9. Criação de componentes curriculares cursados em outra instituição (COI) e em programas de pós-graduação (CPG)

 A criação de comonentes curriculares cursados em outra instituição (COI) ou de componentes curriculares cursados na pós-graduação (CPG) poderão ser solicitados pelos Colegiados de Cursos, representados pelo Coordenador ou Secretaria Integrada, e serão automaticamente inseridas na matriz curricular.

 Demanda corrente.

 

  • Formulário de criação de disciplinas COI e CPG (Anexo X)

CRIAÇÃO DE DISCIPLINA COI E CPG CRIAÇÃO DE DISCIPLINA COI OU CPG

10. Alteração de carga horária de disciplina já existente

 Caso o componente curricular ainda não tenha sido ofertado para nenhum curso é possível que a chefia do departamento envie um memorando solicitando essa alteração. Para esse caso, poderá ser utilizado o mesmo código do componente curricular. Toda alteração deste tipo deve seguir acompanhada de aprovação dos colegiados dos cursos para os quais o componente curricular  disciplina é ofertada.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

 

  • Formulário de alteração de disciplina                                       (Anexo XI)

ALTERAÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR ALTERAÇÃO DE COMPONENTE CURRICULAR

11. Equivalência

  • As equivalências entre componentes curriculares são estabelecidas pelos Colegiados de curso e aprovadas pelo ConGrad.
  • A abrangência dos conteúdos programáticos e a carga horária deve ser de pelo menos 75%.
  • É de responsabilidade do coordenador de curso encaminhar à DADE a solicitação de equivalência junto com anuência do(s) Departamento(s) responsável(eis) pela oferta do componente curricular.

Período de Alterações Curriculares estipulado no Cronograma Acadêmico.

  • Formulário de equivalências (Anexo XII)
  • Anuência do(s) Departamento(s) responsável(eis) pela oferta do componente (documento anexo ou autenticação no envio do Memorando)

EQUIVALÊNCIAS